abstract

abstract
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=107625575

quinta-feira, dezembro 01, 2011

Histórias..

" As noites de frio e de medo se foram, tive que lutar só contra 

monstros terríveis, dentro e fora de minha mente, para poder 

conquistar meu trono, fui humilhado pelos que mais amava, se

 hoje sou Rei, foi por muita força de vontade de estar vivo, aos 

monstros e aos que me humilharam sobraram apenas histórias a

 serem contadas"


By: Elvis R. Jz™

sexta-feira, novembro 25, 2011

A filha que abandonou o pai...


Criei minha filha com muito amor
Noites em claro passei, pois você não dormia
Ensinei brincadeiras no silêncio da madrugada
Pois agindo dessa maneira,
Estaria amando incondicionalmente
Enfrentei grandes conseqüências, te dei minha dignidade


O dom do amor,
É nosso legado, te acariciava ate adormeceres 
Era a mim que queria, fecho os olhos e vejo tudo novamente
Dei-te o privilégio mais especial de todos.
O homem se torna mal e tirano sem amor
Pois te ensinei a fazer o bem,
A fazer sua parte.


Minhas forças se foram
Meus cabelos se tornaram brancos e ralos
E quando por amor a ti, me separei de tua mãe
Para que não sofresse ao ver teus pais vivendo em desarmonia 
Transformou-me em um monstro, o que eu jamais poderia ser.


Há seis longos anos precisei de ti:
Não encontrei...
A filha que criei, secou minhas lágrimas de tanto vazio. 
Por onde andas minha filha...
Porque me abandonaste?


Condicionaste-me a dor, a dor que eu sempre evitei dar-te. 
Minha carência de ti dilacerou meu coração, não existe cura.
Transformaste em uma rocha, meu pobre coração. 
O mesmo que você aquecia há seis longos anos.
Sempre te esperei, acreditando que tudo era passageiro.
Em minha morte te lembrarás de teu pobre pai?
Estou aqui, ainda há tempo.
Criei-te, Te vi nascer
Mais se esqueceste de mim.


By: Elvis R. Jz™

Menina de branco...


A dor de depender de algo que você sabe que vai te destruir é quase mortal, pensar nas pessoas que você ama, alienadas ao seu sofrimento, você se cala, se fecha mais para o mundo, e se volta para seu mundo destrutivo, onde dor, humilhação, e incapacidade predominam.
Você se sente a cada dia mais só, e sua única companhia é ela, sempre de branco esperando por você, sim ela que não te abandona, está sempre ao seu lado, trabalhando seu consciente e inconsciente, ela... Sua euforia e sua destruição.
O mundo todo se torna pequeno, muitos vão até o fim do horizonte, outros decidem por escolhas mais difíceis. Escolhas que irão mudar seus passos irão magoar pessoas que você ama.
Conheci poucos que saíram dessa menina de branco sozinhos, pois ela te ama tanto que te dá forças pra continuar, sempre só pedindo em troca seu corpo e sua alma, basta uma simples inalada.
A conheci, ela é incrível, amorosa, forte e sabe como te deixar feliz, ela te dá o que você precisa, foi então que parei a pensar... O que eu precisava? Tinha tudo, principalmente amor, carinho de uma pessoa linda.
Motivos?? Sim motivos existem milhares para você se casar com a menina de branco, suas decepções suas amarguras, suas fraquezas, ah! as fraquezas do ser humano é onde está à força dela, ela sabe como tirar suas dores e você se apaixona logo no primeiro dia, é um amor à primeira vista amor ilógico, mais é amor. 
Com o tempo ela vai dominando seus sentidos, ocupa-se de sua alma, e te faz sofrer, te faz ver, o quanto você foi imaturo, pensando que sua vida se resolveria, que seus problemas se desfizessem para sempre, então percebe-se que existem dois mundos paralelos, o seu e o que você divide com ela. 
Então seu coração começa a se despedaçar, sangra e dói, você precisa dela, depende dela e se outro mundo depende de você...
Seus sentidos se tornam escuros, e suas pegadas são apagadas, deixando o caminho de volta sem pistas. Sua alma acorrentada, tenta se livrar das correntes pesadas e enferrujadas.
Suas forças se esgotam, e te leva a assumir seu cativeiro, Eu estava aprisionado e me veio à mente algo, que me fez repensar. Mesmo cheio de dor e me sentindo um fracasso, decidi que não poderia voltar ao mundo dos vivos sozinho. No inicio relutei tentando, acreditando ser capaz, sempre fui forte, já passei por tantas dores que até perdi a conta, seria mais uma provação? Não, não é provação muito menos expurgação mais sim uma dependência nociva da menina de branco. 
Decidi que só eu não iria me reencontrar, após longos dias de uma batalha interior, decidi pedir ajuda a uma pessoa que amo, amor real, vida de minha vida.
Mesmo a vergonha de assumir minha traição, encontrei forças e contei a verdade, dolorosa verdade.
Vi suas lagrimas rolando por sua face, lágrimas de desapontamento, de dor e de perplexidade, como conter as minhas lágrimas?  Não pude e deixei que elas também falassem por mim.
Depois de pedir desculpas a minha amada, ela prometeu me ajudar a estirpar a menina de branco, a droga que me acorrentou e me fez tanto mau, não é fácil se livrar garanto que não é, principalmente se você estiver só.
Deixe alguém a quem você ama te ajudar, procure consolo e carinho, peça desculpas pela sua fraqueza e se tiver sorte como eu tive, será amparado e acolhido no colo, sentindo seus cabelos sendo acariciados, a voz doce que sussurra... Estou aqui, vou te libertar dessa maldita menina de branco, e você vai ver que não é fraco como acredita, que apenas se perdeu e encontrou o caminho de volta.


By: :Elvis R. Jz™


Este poema é dedicado ao único e verdadeiro amor da minha vida!!! "Jocimara"
PS: a menina de branco é uma metáfora...

O todo...


Na noite mais estrelada, na manhã mais bela, na brisa mais suave...
No dia mais quente, nas noites mais frias, no ódio ou no amor...
No abraço, nas brigas, nas reconciliações na vida...
No olhar piedoso, no sorriso triste, no encanto de viver...


Na loucura, na sanidade, na ilusão, na verdade que não existe...
Na imperfeição, nos pensamentos dispersos, na fala impensada...
No grito, na fúria, na alegria descontrolada, no silencio...  
Na caricia, na ternura doada, no fim ou no começo...


Na distancia, nos sonhos, na liberdade, no momento inesquecível...
Nas passagens marcantes, no desconhecido, nas diferenças...
Na juventude, na idade madura, no calor do momento...
Nos dias de chuva, nas sombras das arvores, no silencio...


Na imaginação, na realização, nas conquistas, nas derrotas...
no infinito, no fim ou no começo, em tudo que se vê...
Em tudo que não se pode ver, na ausência de coragem...
No medo, na lógica, na ilusão, no coração...


Eu estarei ao teu lado...  


By: Elvis R. Jz™
 

quarta-feira, agosto 31, 2011

segunda-feira, agosto 29, 2011

Noiva de Branco...



A dor de depender de algo que você sabe que vai te destruir é quase mortal, pensar nas pessoas que você ama, alienadas ao seu sofrimento, você se cala, se fecha mais para o mundo, e se volta para seu mundo destrutivo, onde dor, humilhação, e incapacidade predominam.
Você se sente a cada dia mais só, e sua única companhia é ela, sempre de branco esperando por você, sim ela que não te abandona, está sempre ao seu lado, trabalhando seu consciente e inconsciente, ela... Sua euforia e sua destruição.
O mundo todo se torna pequeno, muitos vão até o fim do horizonte, outros decidem por escolhas mais difíceis. Escolhas que irão mudar seus passos irão magoar pessoas que você ama.
Conheci poucos que saíram dessa noiva de branco sozinhos, pois ela te ama tanto que te dá forças pra continuar, sempre só pedindo em troca seu corpo e sua alma.
A conheci, ela é incrível, amorosa, forte e sabe como te deixar feliz, ela te dá o que você precisa, foi então que parei a pensar... O que eu precisava? Tinha tudo, principalmente amor, carinho de uma pessoa linda.
Motivos?? Sim motivos existem milhares para você se casar com a noiva de branco, suas decepções suas amarguras, suas fraquezas, ah! as fraquezas do ser humano é onde está à força dela, ela sabe como tirar suas dores e você se apaixona logo no primeiro dia, é um amor à primeira vista amor ilógico, mais é amor.
Com o tempo ela vai dominando seus sentidos, ocupa-se de sua alma, e te faz sofrer, te faz ver, o quanto você foi imaturo, pensando que sua vida se resolveria, que seus problemas se desfizessem para sempre, então percebe-se que existem dois mundos paralelos, o seu e o que você divide com ela.
Então seu coração começa a se despedaçar, sangra e dói, você precisa dela, depende dela e se outro mundo depende de você...
Seus sentidos se tornam escuros, e suas pegadas são apagadas, deixando o caminho de volta sem pistas. Sua alma acorrentada, tenta se livrar das correntes pesadas e enferrujadas.
Suas forças se esgotam, e te leva a assumir seu cativeiro, Eu estava aprisionado e me veio à mente algo, que me fez repensar. Mesmo cheio de dor e me sentindo um fracasso, decidi que não poderia voltar ao mundo dos vivos sozinho. No inicio relutei tentando, acreditando ser capaz, sempre fui forte, já passei por tantas dores que até perdi a conta, seria mais uma provação? Não, não é provação muito menos expurgação mais sim uma dependência nociva da noiva de branco.
Decidi que só eu não iria me reencontrar, após longos dias de uma batalha interior, decidi pedir ajuda a uma pessoa que amo, amor real, vida de minha vida.
Mesmo a vergonha de assumir minha traição, encontrei forças e contei a verdade, dolorosa verdade.
Vi suas lagrimas rolando por sua face, lágrimas de desapontamento, de dor e de perplexidade, como conter as minhas lágrimas?  Não pude e deixei que elas também falassem por mim.
Depois de pedir desculpas a minha amada, ela prometeu me ajudar a estirpar a noiva de branco que me acorrentou e me fez tanto mau, não é fácil se livrar garanto que não é, principalmente se você estiver só.
Deixe alguém a quem você ama te ajudar, procure consolo e carinho, peça desculpas pela sua fraqueza e se tiver sorte como eu tive, será amparado e acolhido no colo, sentindo seus cabelos sendo acariciados, a voz doce que sussurra... Estou aqui, vou te libertar dessa maldita noiva de branco, e você vai ver que não é fraco como acredita, que apenas se perdeu e encontrou o caminho de volta.

By: :Elvis R. Jz™

Este poema eu dedico ao único e verdadeiro amor da minha vida!!!

segunda-feira, agosto 15, 2011

sábado, julho 30, 2011


A humanidade se perdeu na evolução, forçados a viver em um mundo novo.
Isso é loucura, esse tal mundo de tecnologias, nossos hormônios não evoluíram.
Essa disputa para viver, preço alto que se paga, drogas e bebidas, viver como?
Esquecemos valores, deixamos a beleza simples de lado e quantos nos traíram...

Vejo um caminho escuro, crenças que desviam a lógica dos que sofrem.
Um mundo de trevas, maquiado pela mídia da beleza, que apenas proporciona dor.
Vidas perdidas em anorexias, síndromes psíquicas que nossos avós desconheciam.
Vidas de euforia na noite e depressivas de manhã, como a cocaína e seu esplendor.

Vejo exploração da inocência, crianças, que se palpam na beleza desse pseudo mundo.
Vícios mascarando a dor, o homem se perdeu nessa transição dita globalização.
Sinto pena, sinto dor, sinto impotência diante da vida, sobrevivo pelo amor.
Vejo meus amigos, infelizes e sorrindo mesmo assim, isso é apenas ilusão.

Tenho saudades de quando eu era criança, e meus vícios eram saudáveis.
Jogar bola, soltar pipa, pique esconde com os amigos ah! bons tempos.
Existia dor mais eu não podia ver, era imune ao mundo de dor, avassalador.
  Queria poder ajudar, mais meu único dom é escrever, espero que ao menos alguém possa ser acalentado com meu humilde pensar.   

quarta-feira, julho 13, 2011

ANJO NEGRO

"A noite é sem dúvida um espaço tempo onde as almas podem ser arrebatadas por minhas asas negras e calejadas, manifestada de forma mais ampla. A noite é o refúgio de anjos negros que se emocionam com o sofrimento e manifestam através de seus pensamentos ditos plenos, sou um anjo negro, na noite que emudece os ditos sábios e acalenta com suas palavras os que sofrem"




 ELVIS R. Jz™